quarta-feira, 1 de novembro de 2006

Groselha dos Açores (?)


Trouxeram-me este ramo, duma árvore perto de Setúbal.
A conversa tinha começado sobre um fruto em forma de baga, a que chamavam groselha dos Açores, desconhecia-a. Procurei na net, e a referência que encontrava sobre a groselha dos Açores ou uva do mato dizia respeito ao Vaccinium cylindraceum.
Após trazerem este ramo vi que não podia ser o V. cylindraceum, tanto pela folha como pela forma do fruto.
Tenho um colega dos Açores a quem mostrei o ramo ele disse logo "Oh. groselhas! Mas ainda estão verdes, devem ficar mais escuras", mesmo assim provou deliciado algumas. Realmente neste ponto já estão comestíveis, mas ácidas, como as normais groselhas quando estão maduras.
Voltando a quem me trouxe o ramo, diz que as suas duas netas de 7 e 9 anos quando as "groselhas" estão maduras, são capazes de passar uma a duas horas empoleiradas na árvore a comê-las, parece que a roupa é que não fica nas melhores condições.
Ou seja, é um fruto comestível e apreciado, eu desconheço, se alguém souber ajudar na classificação agradeço.

19 comentários:

VN disse...

Bom dia Filipe

Fam. ELAEAGNACEAE
Elaeagnus umbellata
Nativa da China, Japão e Himalaias

Nos Açores os frutos tb são conhecidos por tamarinos. Ambos os nomes, groselha e tamarino, são errados, até porque esta baga não tem muito a ver com o que se convencionou chamar groselha.

De qq forma as bagas são óptimas, directamente da árvore ou em doce e têm um elevado teor de vitamina C, cerca de 12g por 100g de fruto.

Link com informação interessante:
http://www.hort.purdue.edu/newcrop/parmar/06.html

Link para o melhor guia generalista da flora dos Açores:
http://www.euronet.nl/users/backhuys/flha.htm

Saudações atlânticas

Verónica

PS: O nome comum em inglês tb tem a sua graça, Autumn Olive.

Filipe disse...

Verónica, mil agradecimentos

jp disse...

bom dia
ver o blog Lugar do Olhar Feliz onde que comemos tudos dias
(somos perto do Cercal do Alentejo)
http://olharfeliz.typepad.com/cuisine/2008/10/olives-dautomne.html

Anónimo disse...

agradecia quem me informa-se onde poderia adquirir um exemplar. muito obrigado. kiko43€sapo.pt

Anónimo disse...

agradecia quem me informa-se onde poderia adquirir um exemplar. muito obrigado. kiko43@sapo.pt

Catarina disse...

Olá Filipe, olá Verónica

Ando há algum tempo a tentar encontrar um exemplar da Elaeagnus umbellata. Queria usá-la como parte de uma sebe num pomar. Sabem onde posso encontrar uma planta para apanhar sementes, no Continente? O Filipe disse "perto de Setúbal" onde? é possível identificar o local para o poder procurar?
Obrigada.

Catarina

jp disse...

Olá Catarina,
vim aqui
somos a Cercal
É mais fácil com estacas

Quantas árvores você quer?

jp

Praça da República, 27 4620-653 Lousada disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Agradeço que me informem onde posso encontrar a planta que dá groselhas e já agora mirtilos. Obrigada. xamendonca@hotmail.com

Anónimo disse...

Sou dos Açores, ilha Terceira.
Se estiverem interessados em estacas é só enviarem um mail com o seu endereço para cleopatra_9@hotmail.com.
Cumprimentos,
Luísa Silva

Ana Margarida disse...

Olá, sempre conseguiu encontrar uma planta destas? eu estou a tentar, e está difícil :(
Obrigada

Filipe disse...

Olá Margarida

Como já foi comentado esta planta pega melhor por estacas, como está o tempo, se calhar ainda pegam se as colocar à sombra e for regando.
Há duas árvores já com 2 metros de altura e muito ramificadas num jardim em Carcavelos, concelho de Cascais, onde era a antiga moagem, atrás do Centro Comunitário de Carcavelos, dá para tirar estacas sem prejudicar a árvore.

Filipe disse...

Margarida

Eu moro em S. Domingos de Rana, Cascais e onde tenho plantada esta árvore é perto da Lourinhã Ribamar, mora perto de algumas destas zonas?

Unknown disse...

Olá,

Moro em S. Catarina, Brasil

Há cerca de um ano um familiar trouxe-me dos Açores, três estacas. Todas brotaram. Agora como é inverno, podei os ramos e, ja esta com brotos novos e fortes. Espero que dê as ginjas (groselhas). Uma conhecida açoriana que também mora em SC ja tem também e, disse que frutificou no mês de Maio.

Estou ansiosa.

Obs: Dos ramos podados fiz novas estacas de uns 30 cms e "espetei-as" na terra. Também estão já com brotos.

Maria
maria.7304@tce.sc.gov.br

Unknown disse...

Olá Margarida


Moro em S. Catarina, Brasil

Há cerca de um ano um familiar trouxe-me dos Açores, três estacas. Todas brotaram. Agora como é inverno, podei os ramos e, ja esta com brotos novos e fortes. Espero que dê as ginjas (groselhas). Uma conhecida açoriana que também mora em SC ja tem também e, disse que frutificou no mês de Maio.

Estou ansiosa.

Obs: Dos ramos podados fiz novas estacas de uns 30 cms e "espetei-as" na terra. Também estão já com brotos.

Maria
maria.7304@tce.sc.gov.br

Filipe disse...

A minha nesta altura, aguentou o Verão seco, e esteve no campo sem regas,está cheia de frutos, só que ainda para o acinzentados, um ou outro a tender para rosa, espero por mais chuvas e farei um post

Unknown disse...

Que bom que já tem alguns baguinhos da groselha (ginja) dos açõres.

A nossa esta também com uns 16 minúsculos ainda......Vamos a ver
Talvez aqui só para Maio fiquem maduros. Talvez dê de experimentar........
Maria
SC
maria.7304@tce.sc.gov.br

Francisco Jardineiro disse...

Francisco jardineiro

boa noite eu a procura de saber o nome cientifico desta planta que me foi apresentada por uva ursina nos arredores de Estarreja a muitos anos, e este ano voltei a encontrar nos Açores espontânea no campo e fiquei com duvida se seria a mesma coisa, e tem graça antes de partir pro contenente. na casa de uns amigos me disseram anda provar estas groselhas ainda estão um pouco verdes. e lá estava uma arvore diferente das groselhas que conheço mas fiquei encatado. e foi assim a procurar pelo nome groselha dos Açores que aprendi mais um pouco sobre a planta. trouxe umas estacas mas apanharam muito calor não estão com uma cara muito bonita. obrigado mais uma vez Filipe pela tua partilha de boa informação. um abraço fholiveira@fc.ul.pt

Francisco Jardineiro disse...

força viva la Patchamama a natureza e bela