quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Uva japonesa

Conhecida como uva japonesa ou caju japonês, (Hovenia dulcis, Thunb, actualmente, já classificada como Aristolochia longiflora, Engelm. & Gray) é a árvore com o crescimento mais rápido que presenciei. A fotografia não ficou muito boa

Chega a atingir 25 metros de altura e é de folha caduca, Em vaso tem o seu crescimento limitado, tive-a num vaso durante 3 anos e pouco cresceu, tinha menos de 1 metro de altura, quando a coloquei na terra cresceu 3 metros no primeiro ano e deve estar nos 6 metros agora. Deve florescer para o ano.

Em relação ao nome, que sugere erradamenteuma trepadeira, deriva do facto do fruto ser um pequeno cacho de uvas. Só que as bagas, ou seja as uvas propriamente ditas, não se comem, come-se sim o pedúnculo do fruto que é carnoso e quando bem maduro, antes é adstringente é saboroso, os brasileiros chamam-lhe também pauzinho doce.

A baga pode ser usada para fazer compotas. A planta é estudada actualmente em medicina.

5 comentários:

chunkw disse...

Interessante e oportuno a divulgação da espécie, pouco conhecida, por nós brasileiros, apesar de existirem alguns exemplares plantadas nas praças e parques.
Tive uma experiência formidável, ao desenvolver na Escola Estadual Escultor Galileo Emendabili em são Paulo -S.P.- Brasil, dentro do projeto de preservação ambiental, a multiplicação da espécie. Conseguimos multiplicar a espécie, através de semente e distribuímos mudas para alguns alunos, professores e outras escolas. Pretendo doar ao Parque do Centenário da Imigração Japonesa que está sendo formado no Parque Ecológico do Tietê, no município de são Paulo.
Ao Filipe, o meu agradecimento pelas informações.

Wagner Ortiz disse...

É necessário um estudo em relação à introdução da espécie na mata nativa. Ver o artigo no link abaixo: http://www.institutohorus.org.br/download/fichas/Hovenia_dulcis.htm

Comi muito destas "frutas" quando garoto, pois existiam árvores na chácara da Barra, em Campinas, SP.

Nadir disse...

Caro Felipe, estou com projeto de tirar uma árvore de uva japonesa de um vaso para plantá-la a 3 metros de uma piscina e a 3 metros de uma lavanderia. Corro o risco de ver suas raízes destruirem meu quintal??? estou apaixonada por ela e queria muito poder plantá-la ali, mas a "turma do deixa disso" está me amedrontando. Grata por uma resposta nadirhallgren@uol.com.br

Anónimo disse...

Teve muita gente que riu de mim, pensaram que eu estava de brincadeira... taí, eu comi muito dessa fruta, eu a conhecia como ¨pau doce¨. Tinha no quintal da minha casa em BH, minha infância foi doce!
Cristiane Amaral - cfamoc@yahoo.com.br

ana lucia britts disse...

Gostaria de receber sementes para plantar, esta arvore e da minha infancia no ms, meu endereco e rua 06 A Numero 1710 S jd alto alegre cep 78300-000 tangara da serra mt. Obrigado meu email analuciabritts@hotmail.com