segunda-feira, 7 de novembro de 2005

Murta




As árvores pelo seu porte, sobressaem na paisagem, os arbustos, mesmos quando se trata de um arbusto monumental, pode passar depercebido. No jardim de Évora onde tirei esta fotografia, até se afirmam, destacados

Este é um arbusto monumental, não sei a idade mas concluo-o pela espessura do tronco tipo de nós e casca. Permite também pelo seu tamanho admirar com um olhar mais próximo o trabalho da natureza.

Trata-se da murta ou murteira (Myrtus communis) é um arbusto da família das Myrtaceae, uma das famílias de plantas que mais aprecio, fiquei a saber, embora tarde, que foram levadas sementes para o espaço desta planta. O objectivo é fazer testes sobre a germinação de plantas nativas de vários países. O projecto é a bordo do Vaivém Espacial Endeavour (voo STS-108, Dezembro de 2001) e faz parte dum projecto Ciência Viva, infelizmente a página do projecto não tem mais informação sobre os testes.

A utilização referenciada para esta planta: Alimentar (aperitivo, um licor obtido por infusão alcoólica dos murtinhos e designado por "arrabidino"); cosmética (óleo essencial obtido a partir das folhas), medicinal (anticatarral e antiséptica); ornamental.

3 comentários:

Anónimo disse...

EU COMI OS FRUTOS DA MURTA NO CHILE, NA CIDADE DE CALBUCO. ELA TEM UM SABOR MARAVILHOSO, SILVESTRE. SÓ QUE COMI EM FORMA DE SOBREMESA FEITA EM CASA EM CALDA. HUMMM UMA DELÍCIA

Erlita Melo disse...

Trouxe sementes dessa planta da cidade de São Luiz do Maranhão,para plantar em meu sítio. Adorei a edéia desde quando florou pela primeira vez e deu seu primeiros frutos nunca mais parou.
fico feliz de ver sua árvore carregada de frutos vermelhos, o sabor é delicioso entre o doce e gosto ocre muito exótico!

Filipe disse...

Bem vinda Erlita

E em Portugal muito importante para a avifauna.

Se tem muitos frutos exprimente fazer um licor

Um abraço

Filipe