terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Babosa


A babosa (Aloe arborescens Mill) é muito comum em Portugal, embora a sua origem seja o Sul de África.

É um parente muito próximo do famoso Aloe Vera, (embora esta designação não seja a científica, mas sim A. Barbadensis Miller), distingue-se principalmente pela cor da flor que em vez de ser vermelha, tem a mesma forma mas é amarela.

Sem falar das inúmeras aplicações que actualmente tem o gel que se extrai das folhas do aloé, (ver na composição da maior parte dos creme de beleza ou de tratamento de pele) utilizo o gel tirado directamente da planta para a cicatrização de pequenas feridas ou queimaduras. Só uma ressalva, utilizar uma faca ou tesoura de aço inox, o contacto do gel com o ferro provoca uma reacção no gel, notando-se aliás numa cor amarelada na zona do corte. Quando se aplica deve-se utilizar o suco translúcido.

De qualquer maneira uma planta que se adapta a qualquer tipo de terreno e que por tão vulgar às vezes não damos por ela, mas que dá uma pincelada de vermelho aos Invernos sombrios.

Vou voltar a falar deles.


6 comentários:

Luis disse...

Filipe,
Meramente por acaso encontrei seu 'site' quando pesquisava sobre os frutos, abacate e anona.
Permita-me que o felicite pelo excelente trabalho que apresenta neste Blog.

Filipe disse...

Bem vindo Luis, se o puder ajudar será um prazer

Luis disse...

Obrigado pela atenção.
O Teu blog está adicionado aos meus favoritos.
Abraço

Profª. Rosa disse...

Olá Filipe, tudo bem?
Estou procurando como germinar sementes de algodão. Você tem alguma idéia? Hoje encontrei muitas sementes e quero fazer umas mudinhas.
Agradeço, Rosa Maria

Luisa Moreira disse...

adora a natureza e tudo o que lhe diga respeito, obrigada por tudo o que aqui tenho estado a ler.
Luisa

vazamento em empresa disse...

Seu blog é muito legal e além de tudo muito educativo...parabéns pelas dicas dadas e por ser amigo da natureza tbm...