segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Robert Lenoble

O historiador deve pois acostumar-se a esta evidência de que a Natureza só será concebida como uma realidade por si mesma na medida em que a consciência tiver conquistado uma certa liberdade em relação aos seus próprios problemas. Até essa altura, a Natureza estará condenada a viver o drama humano.
In História da Ideia de Natureza, ed. Edições 70 (2002)

2 comentários:

Ver disse...

Ora aqui está um livro que eu quero comprar urgentemente.

Filipe disse...

Mas é um livro para ler com calma,às vezes largo-o, mas volto sempre